Segundo o diretor financeiro Macário Perez, a estrutura de Fintech as a Service da Grafeno foi essencial para o sucesso do FIDC em 2021.

Macário Perez, diretor financeiro do Fundo Raízes. Imagem: reprodução/ Fundo Raízes.

Investir em tecnologia com plataformas ágeis, simples e seguras, que garantam a usabilidade, é um passo importante para que Fundos de Investimentos Creditórios (FIDCs) alcancem o retorno desejado. E que o diga o Fundo Raízes, que fechou o último ano com o incrível crescimento de 105%. 

O diretor financeiro do FIDC Macário Perez avalia que, além da proximidade do fundo com seus clientes, o investimento em aporte tecnológico para proporcionar fácil usabilidade está entre os motivos do retorno financeiro em torno de R$ 22 milhões em 2021, por ter resultado em uma maior atração de clientes.

Nessa empreitada, o Fundo Raízes contou com a estrutura de Fintech as a Service (FaaS) da Grafeno.

“Temos plataformas acopladas à nossa estrutura, tanto na parte operacional, quanto na de análise de risco. Queremos que o cliente tenha uma experiência de cadastro rápida e tenha sua demanda de direito de crédito aprovada: é autoexplicativo, quem entra na plataforma já entende o passo a passo”, explica Perez em entrevista recente ao quadro Grafeno Explica.

Segundo ele, as boas práticas de Know Your Cliente (KYC) em conjunto com soluções digitais robustas são parte do segredo do sucesso.

“Além da tecnologia, aqui no Fundo Raízes também prezamos por conhecer o cliente. Na pandemia, muitos fundos deixaram de operar, mas nós tivemos vantagem de já conhecer  nossos parceiros. E na outra ponta, empresas de tecnologia como a Grafeno proporcionaram facilidade na interação com esses clientes e também na análise de risco”, complementa.

Se sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe
Desde 2014 no mercado, o Fundo Raízes entende bem as dores e necessidades do segmento que atende, o agronegócio. Para auxiliá-lo na operação, o FIDC escolheu a Grafeno.

“É preciso cuidado pois não é fácil criar uma fintech, por isso temos a parceria com a Grafeno. Nós opinamos para a melhoria do sistema no que depende de regulação e a Grafeno executa”, conta.

Entre as soluções da Grafeno que Perez destaca estão a Gestão de Titularidades e a Conta Escrow, por evitar fraudes e proporcionar conforto ao pagar diretamente o cliente, respectivamente. 

Conheça o Fintech as a Service da Grafeno

Torne-se uma fintech com a Grafeno: tenha sua própria plataforma bancária com mais serviços e melhore a gestão de seus clientes.

 

Deixe uma resposta